Ronaldo Nogueira

(Trabalho) – o deputado federal gaúcho representa o PTB em uma pasta de grande importância, o Trabalho.

Administrador de empresas e teólogo, 50 anos, está em seu segundo mandato de deputado federal. É filiado ao PTB desde 1992.

Natural de Carazinho (RS), foi vereador e secretário municipal de Habitação e secretário municipal de Obras da cidade. Durante o governo de Yeda Crusius (PSDB/RS), foi diretor-presidente da Fundação Gaúcha do Trabalho (2008-2010).

É pastor da Igreja Assembleia de Deus.

Em 2011, apresentou um projeto de lei para que as faltas de trabalhadores domésticos fossem descontadas do período de férias. A proposição ainda está em tramitação na Câmara dos Deputados. Também presidiu a Comissão Especial que trata dos projetos que alteram a Lei Geral de Telecomunicações.

Sua indicação para o Trabalho, que teve o aval de Roberto Jefferson (PTB/RJ) e do deputado e líder Jovair Arantes (PTB/GO), tem forte caráter simbólico. Nogueira é natural da mesma cidade de Leonel Brizola, talvez o maior nome do trabalhismo da história política brasileira. Esse fato poderá ser usado pelo ministro como uma sinalização de que a questão trabalhista terá espaço no governo Temer. Nesse sentido, ele já sinalizou que o projeto que regulamenta a terceirização, já aprovado na Câmara dos Deputados e em discussão no Senado Federal, poderá ser revisto.

Dos ministros de Michel Temer, é o único cujo nome não aparece, até o momento, nas investigações da Operação Lava-Jato da Polícia Federal.

Comments are closed.